Just another WordPress.com site

Archive for Maio, 2011

Chuva de novembro

Mas eu queria que você soubesse que eu me importo
E que eu sinto que essa chuva é o reflexo do estado do meu corpo.
E foi pensando nisso que me joguei pra cá
Pra ver se quando eu te encontrar eu faço essa chuva parar

Será que isso é possivel?
Eu sonhador demais, na intranha dor demais e essa estranha dor é mais do que saudade
É como uma necessidade
De poder ter a certeza de que não era verdade..

Anúncios